Pesquisa

As pesquisas desenvolvidas no Projeto Ciênica estão articuladas a dois programas de pós-graduação:
 

Programa de Pós-Graduação em Ensino de Química
https://pequiufrj.wordpress.com/

Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde 
http://www.nutes.ufrj.br/
 

Programa de Pesquisa

Teatro de Temática Científica: Educação, Ciência e Arte

Tem como objetivo analisar a relação ciência e arte, focalizando principalmente a interface teatro e ciência. O interesse é fomentar discussões a respeito das problemáticas relativas à divulgação científica, do teatro abordando temáticas científicas, da recontextualização da linguagem científica quando no contexto teatral e das relações entre encenação, ciência e alegoria.

Pesquisas

Educação em Ciências e Teatro do Oprimido: entremeios em uma investigação educacional baseada em artes

O objetivo desta pesquisa é analisar o teatro enquanto caminho de investigação na educação em ciências. Balizado na Investigação Educacional Baseada em Artes é analisada a construção e a apresentação de uma peça de Teatro Fórum sobre o tema Inteligência Artificial. Os colaboradores são integrantes de um grupo de extensão universitária e estudantes das escolas em que a peça será apresentada. O intuito é o de explicitar e analisar i) as transições e/ou hibridizações entre o diretor (artist), o pesquisador (researcher) e o professor (teacher), numa perspectiva a/r/tográfica, e suas implicações para o processo educativo; ii) as interações e construções dos estudantes, elucidando sobre o alcance de um processo educativo em ciências mediado pelo teatro no contexto da articulação entre ensino, pesquisa e extensão universitária; e iii) as intervenções cênicas e o diálogo com a plateia no momento do fórum. CAEE 39444820.5.0000.5699, aprovado no parecer 4.391.346. EM ANDAMENTO.

Ciência Negra: Trajetórias de um vir a ser mais!

Objetiva investigar em que medida um processo educativo em ciências, mediado pelo teatro e com foco em cientistas negros e negras, pode possibilitar a problematização das relações étnico raciais articulada à discussão de conhecimentos científicos. Especificamente, pretende-se analisar a aquisição de conhecimentos sobre ciências e sobre direitos humanos por parte de adolescentes e jovens, explicitar os fatores que influenciam na determinação do vir a ser desses jovens e adolescentes e verificar em que medida a estratégia educativa utilizada possibilitou a ressignificação do vir a ser dos jovens e adolescentes. CONCLUÍDA.

Ciência, tecnologia e o público infantil 

O objetivo desta pesquisa foi explicitar e analisar o impacto de uma peça de teatro de temática científica sobre o público infantil. Para isso desenvolveu-se uma investigação qualitativa no intuito de elucidar as percepções dos estudantes a partir de desenhos produzidos por eles a respeito de um espetáculo teatral e da análise de informações obtidas por meio de grupo focal. Os colaboradores foram 131 crianças de uma escola municipal. A partir dos dados encontrados verificou-se que uma peça de teatro de temática científica possui potencial para auxiliar crianças na aprendizagem em ciências por mobilizar a atenção e a concentração, por favorecer a retenção de informação e por estimular curiosidade e interesse. Está pesquisa recebeu fomento por meio da Chamada CNPq/INSTITUTO TIM N º 02/201. CONCLUÍDA.

Doutorado

Dança comigo? As linguagem artística da dança como possibilidade na re-educação da relação Homem x Natureza. Luan da Silva Gustavo. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde. Instituto Nutes de Educação em Ciências e Saúde/UFRJ.

Questões sócio cientificas na formação de professores de química: o teatro como mediação. Camila de F. Sant’Ana. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde. Instituto Nutes de Educação em Ciências e Saúde/UFRJ.

Mestrado

A química em vídeos de divulgação científica on-line. Fabrício Reider. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Química. Instituto de Química/UFRJ. Em andamento.

A música na pesquisa de ensino em ciências: estado da arte da região Sudeste. Raphael K. Ferreyro. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde. Instituto Nutes de Educação em Ciências e Saúde/UFRJ. Em andamento.

Educação em saúde mediada pelo teatro de temática científica: prevenção de alterações posturais em escolares. Aline do S. S. C. Almeida. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde. Instituto Nutes de Educação em Ciências e Saúde/UFRJ. Em andamento.

A dialogicidade na produção audiovisual na Educação em Ciências. Helder O. de Santana. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde. Instituto Nutes de Educação em Ciências e Saúde/UFRJ. Em andamento.

Teatro do oprimido como metodologia aplicada no ensino de química para a educação ambiental. Filipe A. P. Félix. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Química. Instituto de Química/UFRJ. Em andamento.

Jogos teatrais e ensino de química: uma investigação sobre intencionalidade. Gabriel A. Pinto. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Química. Instituto de Química/UFRJ. Concluído.

Jogo africano em aulas de química. Jaqueline da C. de Souza. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Química. Instituto de Química/UFRJ. Concluído.

As relações étnico raciais e o reconhecimento da atividade científica. Gisele P. V. de Souza. Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional (ProfQui). Concluído.

A empatia na relação professor-aluno e suas implicações na aprendizagem de química: um estudo de caso em contexto de ensino médio. Edklesisson de P. de Souza. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde. Instituto Nutes de Educação em Ciências e Saúde/UFRJ. Concluído.

A influência do reconhecimento da preferência dos estilos de aprendizagem sobre a auto percepção da aprendizagem. Gabrielle R. T. M. Ramos. Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde. Instituto Nutes de Educação em Ciências e Saúde/UFRJ. Em andamento.

Extensão universitária

IAgora. Carine da S. Almeida e Lara R. Viana, Licenciatura em Química, e Victória D. Tavares, Bacharelado em Nutrição. Em andamento.

Divulgação científica do Projeto Ciênica nas redes sociais: Facebook e site. Eduarda R. S. do Valle. Bacharelado em Nutrição, Campus UFRJ Macaé. Em andamento.

Cientistas negros e negras em cena. Carine da S. Almeida e Lara R. Viana, Licenciatura em Química, e Victória D. Tavares, Bacharelado em Nutrição, Campus UFRJ Macaé. Concluído. 

Iniciação científica

A inteligência artificial como tema de educação não formal e divulgação científica - Transposição didática. Rayane V. L. Tardin. Licenciatura em ciências biológicas, Campus Macaé. Em andamento.

A inteligência artificial como tema de educação não formal e divulgação científica – Alfabetização científica. Marllon B. Manoel. Licentiatura em Ciências Biológicas, Campus Macaé. Em andamento.

Jogos e exercícios do teatro do oprimido na discussão sobre educação para as relações étnico raciais no contexto do ensino de ciências.  Laise N. N. de Souza e Marina B. da Silva. Programa de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC/UFRJ). Concluído

Iniciação científica júnior (ensino médio)

 

Alfabetização científica e o texto teatral Vida de Galileu. Everson M. Martinez e Everton B. S. de Lima. Colégio de Aplicação da Prefeitura da Macaé. Em andamento.

Divulgação científica para o público infantil. Mariah Tavares e Hadrya Amaral. Colégio Estadual Municipalizada Polivalente Anísio Teixeira. Concluído